NOTICIAS DA HORA

Ji-Paraná

Publicado em 24/05/2017 às 09h28

Latrocidas são condenados a mais de 20 anos de prisão

O Juízo da 1ª Vara Criminal de Ji-Paraná condenou a mais de 20 anos de prisão duas pessoas envolvidas no latrocínio (roubo seguido de assassinato) do comerciante Raimundo Obadias dos Santos, ocorrido em novembro do ano passado, naquele município. O crime teve a participação de uma menor, que é filha de um dos assassinos. A menor já está detida e custodiada pela Justiça.

Segundo a denúncia do Ministério Público, a vítima foi atraída para o local por Hellen Cristina Pinto Pereira, com quem já tinha um caso amoroso, até a casa de Sandro Aparecido Lino Pereira, onde ele foi imobilizado e enforcado. Os acusados descartaram o corpo da vítima na Linha Vicinal, km 02 da RO-135, que depois fugiram levando vários bens do comerciante.

A menor K.J.P era filha de Sandro, que nunca aprovou o relacionamento entre ela e a vítima. K.J.P disse que mantinha o caso amoroso com Raimundo Obadias por interesse. Foi ela quem guiou o carro com o corpo do ex-amante até o local onde foi desovado. Além de agredido, Obadias ainda foi perfurado com uma seringa com veneno contra carrapato no pescoço, antes de ser enforcado.

Pai e filha foram condenados a 21 anos de prisão pela prática de latrocínio e corrupção de menores. O acusado GABRIEL ESTEVÃO DE OLIVEIRA PERES acabou sendo absolvido. Na época do crime, Hellen estava grávida da vítima e isso pode ter contribuído para o assassinato de Obadias pelo futuro “genro”.

 

CONFIRA A SENTENÇA:  1000388-86.2017.822.0005

 

 


Por: Rondoniaovivo

voltar para NOTICIAS DA HORA

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||