NOTICIAS DA HORA

Guajará Mirim

Publicado em 09/05/2017 às 12h49

Homem morre atropelado por caminhão logo após tentar reatar casamento

Um homem de 34 anos morreu ao ser atropelado por um caminhão, entre a noite de domingo (07), e esta segunda-feira (08), logo após ele ir na casa da ex-mulher para reatar o casamento em Guajará-Mirim (RO). O acidente foi na BR Engenheiro Isaac Bennesby, quando a vítima atravessa a via a pé. 

Conforme a Polícia Militar (PM), a vítima, identificada como Bladimiro Mendonça Mareca, teve morte instantânea e foi arrastada pelo veículo por vários metros, tendo o braço direito decepado e a cabeça esmagada.

Conforme as informações da Polícia Militar, a ex-mulher da vítima, que testemunhou o acidente, disse aos policiais que Bladimiro foi até a casa dela alguns minutos antes do acidente para tentar reatar o relacionamento, mas ambos não chegaram a um consenso. 

Após a conversa, a vítima saiu da residência e tentou atravessar a rodovia a pé, mas acabou sendo atropelada e arrastada pelo caminhão. A mulher informou ainda que o ex-marido morreu na hora e o motorista do veículo não parou no local do acidente.

A Polícia Técnico Científica (Politec) foi acionada e realizou os trabalhos periciais de praxe, em seguida o corpo foi levado para o necrotério do Hospital Regional Perpétuo Socorro. 

Na tarde desta segunda-feira (08), o motorista do caminhão que matou Bladimiro foi localizado pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil. Ele foi encontrado em frente a uma empresa e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o acidente.

De acordo com a Polícia Civil, em depoimento o motorista alegou que tentou frear o caminhão para evitar a batida, mas não deu tempo porque o homem entrou na pista muito rápido. Ao perceber que havia matado o pedestre, o motorista contou que decidiu fugir do local porque teve medo de ser linchado pela população. 

Ele ainda relatou que pretendia se entregar na delegacia 24 horas após o acidente. Um inquérito foi instaurado para apurar o acidente e o motorista irá responder um processo criminal em liberdade. 

Por: G1/RO

voltar para NOTICIAS DA HORA

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||