NOTICIAS

Vestida De Demônio

Publicado em 23/10/2017 às 10h45

Drag queen vestida de demônio é escolhida para pregar ideologia de gênero a crianças

O ativismo pró-ideologia de gênero vem se tornando global e, nos Estados Unidos, ganhando apoio de satanistas, que recentemente promoveram uma sessão com um drag queen que usava um chifre de cinco pontas enquanto lia histórias infantis para crianças em uma biblioteca pública.

A biblioteca em questão fica localizada no bairro onde a ex-primeira-dama Michelle Obama cresceu, na cidade de Long Beach, vizinha a Los Angeles, Califórnia (EUA). A repercussão nas redes sociais levou a manifestações intensas de repúdio por grande parte do público, mas aplausos de satanistas e ativistas LGBT.

De acordo com informações do portal The Blaze, a drag queen Xochi Mochi foi convidada para se apresentar em uma das atividades do chamado “mês da história LGBT”, e a biblioteca compartilhou uma imagem do momento em seu perfil no Instagram.

Diante da repercussão negativa, a imagem foi removida da rede social, mas outros usuários já haviam feito capturas de tela para comentar a situação. Moradores da cidade questionaram como se deu o processo de decisão para que um drag queen se apresentasse vestido de demônio para crianças do Ensino Fundamental.

“O que estamos ensinando às crianças na escola? Ensinamentos demoníacos vivos em Long Beach. Estou indignado que tenham permitido isso”, protestou o deputado Omar Navarro (Republicano), em entrevista à emissora afiliada à rede CBS em Los Angeles.

Um formador de opinião chamado Rod Dreher, escritor, também critiocou: “Lembre-se, os bibliotecários públicos convidaram esse lunático para ler livros para crianças. E os pais escolheram enviar seus filhos para ouvi-lo”, afirmou. “Não, não há nada de errado com essa nossa cultura”, concluiu, ironizando.

A despeito das críticas, o drag queen se valeu da repercussão para expressar sua satisfação em contrariar os pais das crianças e políticos conservadores, dizendo que a sessão de leitura foi “uma das melhores experiências” que já teve.

“É muito importante ter representação e normalizar todas as letras em LGBTQIA+ no cotidiano. Eu vi tantos rostinhos animados e isso encheu meu coração com tanta alegria. Espero voltar em breve”, escreveu Xochi Mochi.

Por: noticias.gospelmais.com.br

voltar para NOTICIAS

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||