NOTICIAS

Foragido

Publicado em 18/01/2017 às 08h56

Pecuarista que matou ex-mulher e o companheiro dela foge ao cerco da Polícia

O pecuarista Cezar dos Santos, 40 anos, que matou duas pessoas no último sábado, conseguiu fugir a um grande cerco policial nesta segunda-feira. O criminoso, agora foragido da Justiça, assassinou Cleiziane Dias da Silva e Márcio Júnior Ferreira, ex-companheiro dela. O caso aconteceu em Mirante da Serra.

Na tarde da segunda-feira a Polícia Civil conseguiu informações dando conta que ele estava em uma propriedade rural do município de Presidente Médici, na Linha 114, que pertence a parentes. Ele estaria armado com um revólver e disposto a não se render.

Cinco equipes com policiais civis de Ji-Paraná, Mirante da Serra e de Ouro Preto do Oeste se deslocaram para a vicinal, mas como o local é de difícil acesso, e fica em um ponto alto da região, Cezar dos Santos conseguiu ver o comboio de viaturas, e escapou por uma área de matas antes da chegada dos policiais. “Infelizmente ele conseguiu fugir poucos minutos antes da nossa chegada, o local era difícil para chegar sem ser notado, o que facilitou para que ele entrasse na mata. Fizemos buscas até tarde da noite, mas suspendemos porque ele foi favorecido pela escuridão”, detalhou o delegado Júlio Cezar de Souza Ferreira, que coordenou as equipes que participaram do cerco ao pecuarista.

O delegado alerta a comunidade rural da região rural de Presidente Médici que Cezar dos Santos fugiu da propriedade de parentes deixando para trás uma bolsa contendo roupas e alguns pertences, e como há o mandado de prisão ele é foragido da justiça poderá em algum momento pedir ajuda ou mesmo tomar alguma atitude desesperada. “Nós estávamos na pista, ele fugiu e não teve tempo nem de levar as roupas, mas vamos continuar as buscas até encontrá-lo”, disse o delegado.

Duplo homicídio

No começo da noite de sábado, Cesar invadiu a residência onde o casal estava morando, primeiro disparou um tiro no peito do pintor Márcio Júnior Ferreira, 31 anos, em seguida entrou na casa, agarrou a ex-mulher pelos cabelos, arrastou-a para o quintal, e como a arma desferiu golpes com coronha da pistola na cabeça e rosto da vítima até estourar o crânio dela, e fugiu em seguida. O delegado revelou ainda que, depois de cometer o crime ele também teria feito ameaças de que iria matar o ex-sogro e sogra e também os próprios filhos que teve com Cleiziane.

Por Rondoniagora

voltar para NOTICIAS

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||