NOTICIAS

Foi o Marido

Publicado em 16/10/2017 às 10h46

Marido manda matar sua mulher, mas plano da errado

Uma mulher identificada pelo site do canal BBC afirmou em entrevista que homens foram contratados pelo seu marido para matá-la. Eles já haviam sido pagos pelo trabalho e ja sabiam o que seria feito com o corpo, porém, por muito pouco, ela não foi morta pelos bandidos. A mulher, que resolveu dar um susto no marido, esperou na porta de sua casa a saída de todos convidados do funeral e simplesmente foi até o homem para encará-lo cara a cara.

De acordo com ela, seu marido simplesmente pôs as mãos na cabeça e falou: "É um fantasma?!", assustado com o que via. E Noela respondeu: "Surpresa, estou viva!". A ordem para que ela fosse morta tinha vindo cinco dias antes, quando ela estava no país Burundi, cerca de 12 mil quilômetros de onde ela morava. Ela reside em Melbourne, Austrália para ir ao funeral de sua madrasta. Seu marido e pai de três filhos da mulher sugeriu em ligação que ela fosse dar uma volta do lado de fora do hotel onde estava hospedada, para que tomasse um ar.

Balenga Kalala já sabia onde ela estava e a mulher, sem suspeitar de nada, seguiu o conselho do homem. Ela pensou que ele estava apenas preocupado com o seu bem-estar após perder uma membro de sua família. Quando ela deixou o hotel, um homem armado a abordou e levou a mulher para o cao carro onde outras pessoas estavam aguardando-os. Segundo ela, sua cabeça ficou coberta por volta de 40 minutos. E um dos criminosos resolveu perguntar para ela o que havia feito para o homem. "Por que ele nos pediu que te matasse?", questionou.

Ela ainda sem acreditar que seu marido teria feito aquilo, questionou de quem estariam falando. E ela não acreditou que o homem era mesmo seu até então amado esposo. Os homens resolveram ligar para o tal homem que encomendou o homicídio. Ao afirmarem que já estavam com ela, o marido mandou que eles a executassem. "Pode matar", disse. Ela disse que no mesmo momento reconheceu a voz do marido "Achei que minha cabeça ia explodir", disse. Noela desmaiou após ter a confirmação.

Quando ela acordou, o líder dos criminosos disse que não a mataria, por não fazerem isso nem com mulheres nem crianças. O criminoso ainda lhe disse que o pagamento já estava feito há muito tempo e lhe deu um pendrive com gravações telefônicas que incriminavam o marido. Ela voltou para Melborne e descobriu que o marido havia dito que ela morreu em um acidente. Ele ainda pediu perdão quando encontrou a mulher viva. Ela entregou as gravações para a polícia e o homem foi preso graças às provas dadas pelos bandidos. Ele disse à polícia que realmente havia encomendado a morte dele.

Balenga havia recebido diversas doações em dinheiro para que fosse possível fazer o enterro da esposa.

Por: NEWS 365

voltar para NOTICIAS

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||