NOTICIAS

Amante do Marido

Publicado em 27/09/2018 às 09h23

Mulher mata empregada que era amante do marido

O casamento não é algo que simplesmente vem do nada. As pessoas decidem se casar quando finalmente têm esse desejo e convicção de que, sem uma determinada pessoa, suas vidas não seriam mais as mesmas. Mas a vida de casado não é apenas felicidade. Um casamento tem altos e baixos, e o relacionamento entre o casal pode esfriar levando, a infidelidade de ambas as partes. Porém, alguns casos de infidelidade terminam de maneira trágica. Como neste caso, quando uma jovem foi assassinada pela esposa do amante, após descobrir que o marido estava tendo um caso fora do casamento.

ENTENDA COMO TUDO ACONTECEU

Uma jovem foi assassinada com um tiro na cabeça no último sábado (31), dentro de um restaurante localizado na GO-210, entre Catalão e Davinópolis.

A acusada tem 38 anos. Para a polícia, ela é a principal suspeita de ter assassinato Ana Vitória Pereira, de 19 anos. De acordo com a delegada Alessandra Castro, que está à frente das investigações, a suspeita de ter cometido o crime se apresentou na delegacia na tarde de terça-feira (4) e confessou ter matado a amante do marido. As investigações da polícia apontaram que a jovem trabalhava no estabelecimento comercial como ajudante e a autora do crime gostava de muita e a tratava super bem.

VÍTIMA AFIRMA PARA SUSPEITA QUE ESTAVA TENDO O CASO COM O MARIDO DA ACUSADA

Segundo testemunhas, a suspeita estava ajudando a vítima a realizar um chá de casa nova. Porém, assim que ficou sabendo que a funcionária estava tendo um caso amoroso com o marido, a mulher ficou revoltada. Ela chamou a vítima até o restaurante com a desculpa de que precisava de sua ajuda no local. Segundo a delegada, a autora do crime perguntou se a jovem estava tendo um caso amoroso com o esposo dela. Em resposta, a jovem disse que sim. Em depoimento, a acusado alegou que a vítima tinha lhe agredido verbalmente com palavras de baixo calão.

Com isso, ela ficou revoltada e pegou a arma do esposo e atirou na cabeça da jovem. Ana Vitória morreu no local, antes mesmo do socorro chegar. Após cometer o crime, a mulher fugiu do local, tomando rumo ignorado até terça-feira, quando se apresentou para a polícia. Alessandra relatou que a suspeita vai responder pelo crime em liberdade até que a investigação sobre o caso seja concluída. Acrescentado que a suspeita está colaborando com as investigações e a arma usada no crime foi entregue por ela na delegacia. Por fim, a delegada relatou que a polícia tem 30 dias para concluir as investigações.

Por: NEWS 365

voltar para NOTICIAS

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||