Artigo

Por que a Esquerda odeia os Militares e os Cristãos?

 

     O livramento que Deus deu ao Brasil em 1964 quando nossa nação estava correndo sério perigo de ser dominada por uma onda vermelha que já havia causado sérios transtornos pelo mundo, volta a ser necessário em nossos dias.

     Relembrando a história em fontes diferentes do “MEC ou sites e livros de esquerda”, entendemos a participação e influência fundamental da igreja nesse livramento, a saber, a igreja evangélica, tendo como as principais denominações a Batista e a Presbiteriana; também foi fundamental a participação da Igreja Católica, porém a parte que não fora contaminada pela “Teologia da Libertação”. Essa teologia herege é uma mistura de ação social forçada, tendo por base o marxismo que culminou na criação do “Movimento dos Trabalhadores Sem Terras” que nada tem a ver com “Trabalhadores”, que acaba sendo um braço do “Partido dos Trabalhadores” que hoje está provado nenhuma conexão com esse título e é o partido de esquerda de maior influência no Brasil acompanhado do PSOL e PCdoB.

     Essa teologia que prega o marxismo dentro das igrejas católicas é tida por muitos padres como “tão perigosa” a ponto de excomungar todo católico que são adeptos desta. Detalhe, somente os padres que tem conhecimento político suficiente tomam essa decisão, tendo em vista a certeza deste mal e consequentemente a pretensão final desta ideologia.

      Confira para melhor compreensão do assunto as palavras deste padre:  https://www.youtube.com/watch?v=nX1b6jOFvlo . Se quiser se aprofundar mais nesse tema e ajudar cristãos ingênuos que não tem noção do quanto essa heresia pode prejudicar uma fé pura, recomendo também esse pequeno livro virtual: http://pt.scribd.com/doc/149622631/Teologia-da-Libertacao-versus-Teologia-da-Prosperidade .

     Pois bem, antecedendo a conhecida “Marcha da Família com Deus”, que foi o movimento popular no qual a sociedade pediu a intervenção militar, as igrejas entraram em campanha de oração por um livramento, pois entendiam que somente Deus poderia intervir pelo Brasil e Constitucionalmente conforme o Artigo 142 da CF somente os Militares possuíam este direito legal, fato este que até hoje é divulgado pelos esquerdistas como um “Golpe Militar”.

     Por este motivo histórico/político a esquerda odeia tanto os militares quanto os cristãos, pois estes foram e são os principais opositores na concretização da tão sonhada “utopia” da esquerda onde o estado é o “deus” que pode interferir na liberdade religiosa, liberdade de expressão, propriedade privada etc;  ou seja, em tudo aquilo que de fato são “os direitos fundamentais” termo esse tão distorcido por juristas e políticos corrompidos por essa ideologia onde colocam certas “minorias oprimidas” em vantagens e benefícios dos demais cidadãos.

     Nessa linha de pensamento onde pregam “a igualdade fraternal”, ditadores e familiares destes são privilegiados e saqueiam os bens públicos, fazendo do estado uma base para tal e facilitando o enriquecimento ilícito como é o caso do filho do ex-presidente Lula e a filha da atual presidente e outros petistas parasitas que hoje são milionários graças ao suor dos brasileiros.  

     Com discursos diabólicos de mansidão onde toda atrocidade “justiça os fins”, acabam com toda nação onde conseguem chegar ao governo, sufocando a população com pesados impostos e restringindo direitos políticos, como foi o caso de Cuba e atualmente a pobre Venezuela. Por conhecer, difundir e nos opor a tais pretensões nos chamam de golpistas, fundamentalistas religiosos, conservadores atrasados e outros rótulos.

     Enfim, que Deus tenha misericórdia do Brasil e mais uma vez venha intervir por nós. E não repitamos os erros do passado voltando a deixar essa gente doutrinar nossas crianças e jovens. Quero concluir, citando uma frase do General João Figueiredo que foi Presidente no Regime Militar ocasião onde um grupo o apresentava uma demanda: “Vocês querem, então vou reconhecer esse sindicato (PT). Mas não esqueçam que esse partido chegará ao poder. Lá estando, tudo fará para instituir o ‘comunismo’. Nesse dia vocês vão querer tirá-lo de lá. E para tirá-lo de lá será a custa de muito sangue. Sangue brasileiro”.  

 

Autor: Jean César, Policial Militar do Estado de RO, Curso Nível Médio em Teologia (Eetad) e Acadêmico do Curso de Direito no Celji/Ulbra de Ji-Paraná RO.

Facebook: https://www.facebook.com/jean.cesar.961

 

 

 

voltar para Artigo

show fsN normalcase left tsN fwR c05|left tsN fwB hide|left fwR show|c05 b02 bsd|||login news fwB tsN fwR tsY b02ne c10 bsd|normalcase fsN fwB c10 b02ne bsd|normalcase c10 b02ne bsd|login news normalcase b02ne fwB c10 bsd|tsN normalcase b02ne c10 bsd fwR|normalcase c10 b02ns bsd|content-inner||